Use o cupom SAMBAKI10 e compre QUALQUER PRODUTO com 10% de desconto

COBRA MIRITI

O miriti é uma palmeira nativa de áreas alagadiças da Amazônia PA

MEDIDAS APROXIMADAS:

Comprimento: 54cm

Largura: 3cm

Altura: 3cm

 A produção de pássaros, canoas, cenas religiosas, pessoas dançando, animais em geral de miriti é uma herança indígena que envolve, hoje, centenas de famílias na região de Abaetetuba, sendo considerado um processo sustentável de produção, tombado como património histórico cultural imaterial, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

​A região de Abaetetuba possui miritizeiro em abundância, também conhecido em outras regiões do país como buriti. É chamada pelos paraenses de “árvore santa” ou sagrada, por sua importância na vida de muitas comunidades tradicionais que aproveitam toda a árvore, tendo o cuidado de manejá-la de forma sustentável, sem derrubá-la. O fruto é utilizado para a alimentação, a palha para a construção das cabanas, a fibra das folhas para a confecção de redes e os braços e a bucha, fibra conhecida como isopor da Amazônia, para a produção dos brinquedos.

Peças artesanais podem apresentar pequenas manchas, diferença de medidas, borrões o que as tornam únicas e especiais.

COBRA MIRITI

R$62,00
COBRA MIRITI R$62,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

  • Sambaki Ceagesp CEAGESP Sorocaba- MERCADO DE FLORES Rua Terêncio da Costa Dias, 300 Box 47 Quarta: 7:30-13:00h e 17:00-22:00 // Sexta 7:30-13:00h// Sábado: 7:30-14:00

    Grátis

COBRA MIRITI

O miriti é uma palmeira nativa de áreas alagadiças da Amazônia PA

MEDIDAS APROXIMADAS:

Comprimento: 54cm

Largura: 3cm

Altura: 3cm

 A produção de pássaros, canoas, cenas religiosas, pessoas dançando, animais em geral de miriti é uma herança indígena que envolve, hoje, centenas de famílias na região de Abaetetuba, sendo considerado um processo sustentável de produção, tombado como património histórico cultural imaterial, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

​A região de Abaetetuba possui miritizeiro em abundância, também conhecido em outras regiões do país como buriti. É chamada pelos paraenses de “árvore santa” ou sagrada, por sua importância na vida de muitas comunidades tradicionais que aproveitam toda a árvore, tendo o cuidado de manejá-la de forma sustentável, sem derrubá-la. O fruto é utilizado para a alimentação, a palha para a construção das cabanas, a fibra das folhas para a confecção de redes e os braços e a bucha, fibra conhecida como isopor da Amazônia, para a produção dos brinquedos.

Peças artesanais podem apresentar pequenas manchas, diferença de medidas, borrões o que as tornam únicas e especiais.