Escultura de madeira representando a festa do Pau da Bandeira.

Festa de Santo Antônio de Barbalha, também conhecida como Festa do Pau da Bandeira, é uma festividade popular anual da cidade cearense de Barbalha. Suas origens remontam ao ano de 1928, quando o pároco José Correia de Lima, então vigário de Barbalha, promoveu o cortejo do mastro em cujo topo seria hasteada a bandeira de Santo Antônio. Desde então, o carregamento do mastro hasteamento da bandeira, em fins de maio e início de junho, marcam o início das festividades dedicadas ao santo (que se estendem até o dia 13 de junho, data em que é homenageado Santo Antônio de Lisboa), tendo adquirido um caráter carnavalesco que lhe distingue de outras celebrações similares na região do Cariri cearense.

Os encarregados pela derrubada, translado e hasteamento do mastro são seguidos de perto por uma multidão de foliões, que dançam ao som de banda cabaçais ou de outros ritmos. No percurso, o consumo de alimentos e bebidas alcoólicas é frequente, e os solteiros, em especial as mulheres, são incitados a tocarem no mastro, ou mesmo sentar-se nele e ingerir o chá de sua casca, a fim de conseguirem casamento. O cortejo se encerra com o hasteamento da bandeira, em frente à Igreja Matriz de Barbalha, que é celebrado com preces e pirotecnia.

A festa é reconhecida pelo Iphan ( Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional)

MEDIDAS APROXIMADAS:

Comprimento: 70cm

Altura: 15cm

Pelas mãos do Mestre Din

 

Festa de Santo Antônio

R$1.980,00
Festa de Santo Antônio R$1.980,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

  • Sambaki Ceagesp CEAGESP Sorocaba- MERCADO DE FLORES Rua Terêncio da Costa Dias, 300 Box 47 Quarta: 7:30-13:00h e 17:00-22:00 // Sexta 7:30-13:00h// Sábado: 7:30-14:00

    Grátis

Escultura de madeira representando a festa do Pau da Bandeira.

Festa de Santo Antônio de Barbalha, também conhecida como Festa do Pau da Bandeira, é uma festividade popular anual da cidade cearense de Barbalha. Suas origens remontam ao ano de 1928, quando o pároco José Correia de Lima, então vigário de Barbalha, promoveu o cortejo do mastro em cujo topo seria hasteada a bandeira de Santo Antônio. Desde então, o carregamento do mastro hasteamento da bandeira, em fins de maio e início de junho, marcam o início das festividades dedicadas ao santo (que se estendem até o dia 13 de junho, data em que é homenageado Santo Antônio de Lisboa), tendo adquirido um caráter carnavalesco que lhe distingue de outras celebrações similares na região do Cariri cearense.

Os encarregados pela derrubada, translado e hasteamento do mastro são seguidos de perto por uma multidão de foliões, que dançam ao som de banda cabaçais ou de outros ritmos. No percurso, o consumo de alimentos e bebidas alcoólicas é frequente, e os solteiros, em especial as mulheres, são incitados a tocarem no mastro, ou mesmo sentar-se nele e ingerir o chá de sua casca, a fim de conseguirem casamento. O cortejo se encerra com o hasteamento da bandeira, em frente à Igreja Matriz de Barbalha, que é celebrado com preces e pirotecnia.

A festa é reconhecida pelo Iphan ( Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional)

MEDIDAS APROXIMADAS:

Comprimento: 70cm

Altura: 15cm

Pelas mãos do Mestre Din